Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas de uma secretária

Crónicas de uma secretária

Qua | 18.01.17

Pessoas agressivas

Quem lida com o publico sabe que é preciso ter doses extra de paciência.

Eu tento, mas as vezes não há.

Tenho um cliente que está na minha lista negra.

Sim, tenho uma lista, não é grande. Creio ter umas seis pessoas, portanto já vêem, eu até sou boa pessoa.

Se contarmos que o ficheiro neste momento terá mais que 15.000 pessoas, seis na lista é nada.

Adiante.

Ora um destes dias, tive aqui um cliente chato como o raio. As tantas a paciência foi-se.

E eu devo ter respondido com menos simpatia, ou não. As tantas deveria estar a espera que me desfizesse em sorrisos.

Como a conversa não lhe correu como esperava, o senhor pergunta-me;

" A menina deve ser de Águeda"

E eu sem problemas nenhuns respondi;

"sim sou, porquê?"

"porque é agressiva, as pessoas de Águeda são agressivas"

Bem, eu fiquei possessa.

Fiquei mesmo aborrecida com aquilo. As tantas entra outro cliente que me conhece desde sempre neste trabalho e eu sem papas na lingua pergunto-lhe alto e bom som;

"Oh sr..... , o senhor acha que eu sou agressiva?"

"Não, você não é agressiva, é direta, mas agressiva não"

Bem, o cliente da lista negra lá tentou remediar a frase mal amanhada, mas não lhe valeu de muito.

Este episódio, ao vivo e a cores foi tão ridiculo que acabou em piada pessoal entre nós.

Em dias menos bons há sempre alguem que me diz " não sejas agressiva".