Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónicas de uma secretária

Crónicas de uma secretária

Ter | 24.10.17

olhos nas mãos

Tenho clientes muito estranhos.

Na casa de banho da sala de espera, havia um vaso (já era o segundo) com flores, de plástico. 

Ora bem, as flores foram desaparecendo.

Na semana passada, levaram o vaso. Além de dois rolos de papel higiénico tamanho jumbo.

Isto até dava vontade de rir se não fosse tão ridículo. Ao ponto que chegamos...

Roubar vasos de plástico de um consultório.